A gestão de frotas traz diversos benefícios para empresas de transporte, como redução de custos, aumento na vida útil dos caminhões e melhoria no nível de serviço. 

Este é um assunto tão importante que cerca de 75% dos profissionais esperam investir em tecnologias para melhorar a gestão de frotas em 2024. Reduzir e otimizar custos, zerar acidentes e viabilizar práticas de gestão que possibilitem a tomada de decisão a partir de dados são os principais benefícios apontados. 

Afinal, os veículos são um dos principais ativos de uma transportadora. Portanto, o planejamento, gerenciamento e acompanhamento de indicadores logísticos deve ser encarado como prioridade pelos gestores.  

O que é gestão de frotas e como ela funciona? 

Em um ambiente competitivo e de margens curtas, como no transporte rodoviário de cargas, é necessário garantir que os veículos estejam rodando o máximo de tempo possível. 

A gestão de frotas certifica que os veículos estejam em plenas condições para cumprir as viagens, garantindo eficiência logística, o bem-estar e a segurança dos motoristas. 

Ou seja, engloba um controle eficiente de manutenções preventivas, laudos, consumo de combustível, pneus, peças de reposição, performance dos motoristas, entre outros fatores que melhoram a produtividade e reduzem custos. 

Gestão de frotas de caminhões e seus impactos nas operações de transportadoras rodoviárias de carga 

Manter os caminhões rodando pelo maior tempo possível, com o menor custo operacional é o principal impacto relacionado a gestão de frotas. Além disso, ela garante otimização eficiente de indicadores e auxilia na tomada de decisão baseada em dados fidedignos. 

Este tipo de gerenciamento exige um nível de gestão elevado e dados históricos precisos. Porém, com processos bem definidos e acompanhamento constante é possível utilizar todo o potencial da frota e descobrir oportunidade para aumentar a lucratividade. 

Frota própria, terceira ou agregada. Qual é a melhor? 

A principal diferença entre frota própria, terceira e agregada está na necessidade de investimento e no retorno financeiro sobre cada operação. Abaixo, vamos listar as características de cada uma. 

  • Frota própria: Nesta modalidade a transportadora utiliza os próprios caminhões e carretas, assim como motoristas contratados via CLT para a realização das viagens. 
  • Frota agregada: A empresa disponibiliza a carreta e contrata os motoristas, que possuem caminhões próprios, para a prestação dos serviços. 
  • Frota terceirizada: Os caminhões e motoristas são contratados por frete, para a realização de viagens pontuais. 

De maneira geral, não existe a melhor maneira de se trabalhar. Tudo depende da operação, dos riscos e retorno financeiro desejado. O ideal é utilizar um mix das três categorias, para expandir a operação de maneira sustentável. 

gestão de frotas

Como ter uma gestão de frotas de sucesso 

A gestão de frota exige controles precisos e processos definidos A seguir, vamos abordar os principais aspectos para uma gestão de frota eficiente. 

  • Disponibilidade: Caminhão parado é dinheiro parado. Portanto, uma gestão de frota de sucesso precisa garantir que os veículos estejam disponíveis, nas melhores condições sempre que necessários. 
  • Manutenção dos caminhões: A manutenção preventiva assegura a segurança dos motoristas, aumenta a vida útil dos veículos e garante que os caminhões estejam disponíveis quando necessário. Para isso, é necessário criar tabelas de manutenção periódicas, checklists e processos de acompanhamento. 
  • Gestão de combustível: O combustível representa quase 50% dos custos totais de uma operação. Por este motivo, controlar este insumo melhorar o desempenho da transportadora. Uma gestão de frota eficiente precisa levar em conta o consumo médio dos veículos, comparar médias ideais e criar ações para otimizar o uso de diesel. 
  • Gestão de pneus: Os pneus representam parte considerável dos custos logísticos. Inspeção regulares e monitorar o desempenho das melhores marcas pode otimizar o resultado da sua frota. 
  • Motoristas: Os principais responsáveis pelo sucesso da gestão de frotas são os motoristas. Monitorar o desempenho e premiar os condutores com melhor performance, assim como realizar cursos de reciclagem com os que possuem piores médias pode melhorar a eficiência. 
  • Gestão de ativos: É muito importante gerenciar a condição dos veículos, levando em conta a depreciação, necessidade de renovação, revenda, entre outros. 

Como a tecnologia pode impactar na gestão de frotas? 

gestão de frotas

Uma tecnologia que permita identificar problemas relacionados à frota e insumos para a tomada de decisão estratégica e operacional reduz o tempo ocioso e otimiza o processo logístico de uma transportadora. 

Um TMS focado em grandes transportadoras mantém o histórico de dados e acompanha os veículos em tempo real, possibilitando a ação rápida da equipe para melhorar indicadores e evitar a ociosidade da frota. Também é possível automatizar boa parte de processos manuais, liberando analistas para pensar estratégias que impactam no negócio. 

Vantagens do software TMS KMM 

O TMS KMM nasceu para superar os desafios logísticos de grandes e médias transportadoras. O módulo de gestão de frotas foi pensado para garantir a segurança das informações e possibilitar análises robustas, conforme a necessidade das operações. 

Conceitos que fazem a diferença 

  • Viagem começa sempre pelo km vazio: No TMS KMM, a viagem inicia sempre com o término da última. Isso significa a contabilização dos custos relacionados ao deslocamento com o veículo vazio, o que otimiza os custos. 
  • Gestão apenas com a quilometragem: A informação correta da quilometragem é pré-requisito. Assim, é possível obter a informação de cada caminhão. Para isso, o software TMS KMM busca informações através da posição, abastecimento, rastreadores ou aplicativos especialistas. 

O TMS KMM é parceiro na gestão de frotas de médias e grandes transportadoras 

Com experiência de mais de 25 anos atuando como parceiro de gestão de grandes transportadoras, o TMS KMM reduz o fator humano na execução de processos e melhora os níveis de planejamento, garantindo dados mais assertivos. É o caso da Transgires, que conseguiu aumentar o número da sua frota de agregados e diversificou a sua operação.

gestão de frotas

Conclusão 

A gestão de frotas é uma importante área relacionada não apenas à lucratividade, como também à performance e ao nível de serviço da transportadora. Por isso, sua empresa deve utilizar uma tecnologia que permita otimizar todos os processos.

Quer saber mais sobre como o TMS KMM pode maximizar a gestão da sua frota? Entre em contato conosco!

Leopoldo Suarez

Leopoldo Suarez

CEO da KMM | Partner nstech

Leave a Reply